BEDA #22 – Maximum the Hormone

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Bora aqui rapidinho fazer uma indicação musical? Então vamos nessa sem mais delongas.

beda 22 blog everyday april abril 2018 opm comentarios maximum the hormone

BEDA #22

Maximum the Hormone é uma banda formada por Daisuke-han (Daisuke Tsuda – vocalista), Ryo Kawakita (Maximum the Ryo – guitarrista e vocalista), Não (Não Kawakita – bateria e vocal) e Ue-chan (Futoshi Uehara – baixista e vocal).

Criada em 1998 na cidade de Hachiōji, Japão. A banda é bastante diferente do que estamos habituados a ouvir. Depois de lançarem alguns maxi-singles decidiram lançar finalmente um álbum completo de 13 faixas todas representando a energia que esta banda traz consigo! O nome do álbum: Rokkinpo Goroshi. Já são considerados por muitos como os “System of a Down do Japão” devido ao seu estilo de música ser bastante descontraído e com umas pitadas de comédia. Sim, a melhor palavra para descrever isto. Já pelas Promo Pictures que encontram deles podem confirmar isto, pois são uma banda bastante divertida e extrovertida.

O sucesso que a banda atingiu de repente deveu-se ao seu single ROLLING1000tOON que fez a sua aparição como encerramento do anime “Air Master”, no ano de 2003.
Em 2007, quando surgiu o anime de Death Note, o grupo fez a segunda abertura (What’s Up, People?!) e o segundo encerramento (Zetsubou Billy). Fez encerramentos também dos animes Akagi (com a música: Akagi), e Ryo fez participação na música de abertura do anime Kurozuka. E em 2015 como não poderia deixar de citar, a música F que tocou no filme Dragon Ball Z: O Renascimento de F. Lembrando que essa música havia sido feita bem antes do filme sonhar em sair, mas ela não poderia faltar no filme.

 

 

Eu sou um dos que conheceu o grupo graças às músicas tocadas em Death Note, e desde então passei a curtir bastante o grupo. A mistura no som deles eu diria que é o grande atrativo deles, rock, rap, metal, funk, punk, eles colocam o que gostam dentro de sua música, muito também por conta dos 4 serem vocalistas e cada um cantar em um estilo diferente, principalmente Daisuke, o vocalista principal e mais versátil deles, o que chama bem a atenção. Tudo isso feito com grande competência e muita energia.

Comentários Finais:

– Mais tarde teremos Boku no Hero Academia e Sinbad.

– Amanhã também teremos BEDA e é mais Boku no Hero. Fiquei doente e não deu pra repor nos últimos dias, mas vamos chegar lá.

Então é isso. Comentem o que acharam dessa postagem, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões de tema, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s