Indicamos: Sengoku Basara

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Aproveitando a sexta-feira e fazer agora nesse dia da semana sempre uma indicação semanal. Cada um de nós durante o mês vai fazer uma indicação, e dessa vez eu vou indicar um anime bem legal, que é Sengoku Basara, então vamos nessa?

sengoku basara anime capcom comentarios indicação japão feudal date masamune sanada yukimura oda nobunaga


Sengoku Basara

O anime de Sengoku Basara é baseado na série de jogos com o mesmo nome da Capcom, que se passa no Japão Feudal. Tirando a última temporada, todos os animes foram produzidos pelo estúdio Production I.G, e o último anime lançado até hoje foi pelo estúdio Telecom Animation Film. O anime recebeu 3 temporadas e 1 filme + curtinhos que acompanharam as temporadas. Sengoku Basara, foi exibido originalmente pela CBC de 2 de abril de 2009 até 18 de junho de 2009, totalizando 12 episódios mais 1 OVA que saiu no dia 6 de janeiro de 2010. Sengoku Basara Two, foi exibido originalmente pela JNN de 11 de julho de 2010 até 16 de setembro de 2010, totalizando 12 episódios mais 1 OVA que saiu no dia 6 de abril de 2011. Sengoku Basara Movie: The Last Party, lançado no dia 4 de junho de 2011 é continuação direta da segunda temporada do anime. Sengoku Basara: Judge End é uma versão alternativa do filme, feita pelo outro estúdio, exibida originalmente pela NTV, num total de 12 episódios.

A história do anime tem como protagonistas dois personagens, Date Masamune e Sanada Yukimura, sendo os dois se rivalizam o tempo todo, mas possuem inimigos em comum a cada temporada. Os personagens da história são pessoas que realmente existiram, mas é um mundo fictício e fantasioso, onde eles têm superpoderes e realizam combates insanos. Cada temporada é baseada em uma batalha histórica do Japão.

 

sengoku basara two capcom anime indicação date masamune hideyoshi maeda keiji

Sengoku Basara Two, na minha opinião a melhor temporada

 

Por que vale a pena ver Sengoku Basara?

Confesso que não joguei o jogo, mas sou um interessado, ainda mais por ter gostado muito do anime, mas pra quem curte os jogos, já é um motivo. Ainda mais tendo em vista que as adaptações de jogos em sua maioria são pavorosas, principalmente os filmes de Hollywood. Já poucas exceções à regra, se encontram em animes como os de Sengoku Basara.

Visualmente o anime é muito bonito, a animação é boa, é uma homenagem divertida a esse período do Japão, embora não se atenham à precisão histórica, porque se filmes biográficos já mudam várias coisas pra ficar tudo encaixado, imagina um anime e jogo de fantasia? Sem falar no melhor, os vários personagens carismáticos que aparecem na história cheios de estilo, poderes fantásticos e que proporcionam ótimas lutas, como um anime e jogo desse tipo pede. Em especial o personagem principal, Date Masamune.

Masamune é a representação do massavéio, ele é carismático, tem 6 espadas que formam asas de um dragão, tem um figurino estiloso formados por uma roupa legal, um capacete imponente e um tapa-olho que é uma marca do personagem. Até o seu cavalo é estiloso, equipado de uma maneira que lembra uma moto e daquelas dignas de deixar Moto Clubes com inveja.
Além da sua personalidade excêntrica e que adora soltar palavras em inglês para ficar mais divertido. Date Masamune na minha opinião é o melhor trabalho de Kazuya Nakai (Zoro de One Piece, Mugen de Samurai Shamploo), em que ele deita e rola na interpretação, principalmente no “engrish”.

 

 

E ia me esquecendo, as músicas de abertura e encerramento de todas as temporadas são do cacete. Trilha sonora também é fantástica.

Eu gostaria que viesse mais animes e jogos de Sengoku Basara, mas pelo Production I.G., porque o visual da Telecom Animation Film não me agradou tanto. Não tem muita diferença, mas as mudanças deixaram os personagens menos massavéio. Me pareceu uma tentativa de mais realismo que não combina com os personagens, embora foram mudanças pequenas, nada radicais.

Comentários Finais:

– Fiquem atentos que amanhã tem Pokémon Sun & Moon.

– Semana que vem acho que o Guiper vai fazer uma indicação.

Então é isso. Comentem o que acharam dessa indicação, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões de tema, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s