Versão Brasileira: Ore Monogatari!! 4 – Panini

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Sei que tô atrasado, mas bora aqui comentar sobre esse volume do mangá?


Ore Monogatari!!: Volume 4

Diferente do volume passado, este não foi só Takeo e Yamato passando por testes em situações diferentes que são só esses dois. A diferença aqui se deu por outros personagens no meio das duas histórias que deu uma mexida legal no status quo. São de fato situações que colocam a prova os dois como casal, mas foram diferentes, coisas mais perigosas. E a história consegue ficar bem tensa nessas partes, porque ele gera nervosismo no leitor que pode muito bem ficar com medo de que aconteçam problemas sérios com o casal. E mais uma vez, o tom da história está certeiro, porque mesmo em situações que a coisa poderia ficar mais pesada, ou se render a certos clichés, não, mantém o tom de sempre do mangá.

Como se trata de uma história de romance e não de ação, a quantidade de diálogos é muito maior que ler um battle shonen, e aqui foi maior ainda, mas não chegou a ser uma leitura maçante, foi boa. O desenvolvimento dos personagens também foi bom, principalmente do casal principal. De novo é uma leitura muito fofa, Takeo e Yamato são amáveis, e vemos um outro lado da Yamato, que não era uma certeza, mas confirmou de vez, o lado de que ela não é das garotas mais populares, que embora bonita, desde criança não era a pessoa que conseguia se destacar, era zuada, não é mesmo hoje a garota que os rapazes mais prestam atenção. Isso é muito bom, porque mostra uma semelhança com o Takeo e serviu pra construir a situação tensa, a de que ela corre risco de perder Takeo. Quanto a ele, gostei que o volume não finalizou com o gostosão que tem mel no corpo e todas as garotas da história se apaixonam por ele. Graças a Deus não chegou nesse cliché, que eu vejo como um dos piores de romances atualmente, cliché que ocorre bastante atualmente em mangás shonen. E o capítulo especial foi ótimo também, de novo fofinho, engraçado, e que embora parecia que não acrescentaria algo na história, ele faz mais uma ligação entre Takeo e Yamato, é um cliché? É, mas não foi ruim, ainda mais se tratando de um capítulo especial. Dá pra aceitar.

 

Tadinho dele

 

Para finalizarmos, a Panini fez um bom trabalho de novo, se mantém no mesmo nível, papel continua o mesmo, tradução também é boa. Não tem o que reclamar da editora, a relação custo-benefício desse volume compensa.

Comentários Finais:

– Meio em cima da hora, mas tá valendo. Pelo menos saiu hoje.

– Amanhã tem um BEDA bem interessante e se tudo der certo, Vagabond.

Então é isso. Comentem o que acharam do volume e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s