BEDA #06 – Crunchyroll

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Bora aqui comentar sobre um tema bem interessante que sempre tive vontade de comentar, e agora é o melhor momento para isso. Um assunto que traz amor e ódio (não sei porque) para várias pessoas.

beda 06 blog everyday april abril 2017 opm comentarios review analise crunchyroll streaming anime online


BEDA #06

Caso vocês não saibam, Crunchyroll é uma plataforma de streaming de animes em sua maioria, tendo algumas séries orientais. Resumindo, uma Netflix otaku. Existe também o Crunchyroll Mangás, com capítulos de mangás, mas esse não é o assunto que vou abordar, até por não utilizar esse recurso, o tema aqui é a transmissão de animes.

O Crunchyroll surgiu nos Estados Unidos em 2006, e era uma plataforma que transmitia animes ilegalmente, que nem o finado Anitube e muitos outros que têm por aí, mas depois passou a transmiti-los legalmente. No Brasil, ela já veio passando as séries legalmente, chegou aqui no dia 1º de novembro de 2012 (por coincidência o dia do aniversário do meu irmão, mas isso não importa, apenas quis contar), e eu mesmo assinei o serviço no mesmo dia. Mas não usava muito, só passei a usar com frequência na temporada de verão de 2013, assistindo animes como Gin no Saji e Gatchaman Crowds, que são excelentes animes, sério, se você não viu, vá assistir as 2 temporadas dessas séries. Daí em diante, não parei mais de usar o Crunchyroll.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

E como foi a minha experiência? De início sempre me pareceu interessante, mesmo não estando acostumado a não baixar os episódios e eles estarem em nuvem. Essa é uma sensação que causa estranheza no início, mas depois você se acostuma e até prefere assim, pelo menos é o meu caso, pois não perco tempo baixando episódio e economizo muito espaço no meu HD. No início o Crunchyroll foi bem ousado por optar por sair traduzindo tudo que os otakus abominam, termos, honoríficos, e até mesmo títulos, embora esta última causou muitas reclamações no início e eles voltaram atrás. Eles estão errados? Não, tradução é um trabalho que muita gente dá palpite sem conhecer a fundo, eu mesmo não conheço muito, mas sempre procuro ouvir profissionais, pois eles sabem o que falam e sempre nos relembram de uma coisa que todo mundo esquece, que não existe tradução sem adaptação. Não dá pra traduzir tudo ao pé da letra, e nem ficar com uma linguagem que mistura o idioma original e traduzido, parece estrangeiro de novela da Globo, misturando italiano e português, aquela coisa artificial feia pra caramba que não cabe em uma tradução profissional, já os títulos dos animes, eu não vejo problema em traduzir, mas como o Crunchyroll é uma empresa que depende dos clientes pra ir pra frente, nesse caso eles não têm escolha a não ser ceder, até porque são os clientes que pagam pelos serviços. Sim, cliente tem o direito de reclamar por algo que veio errado no que pagou. E não, eu não acho as traduções da Netflix lixos tóxicos como alguns já disseram, e pegam um episódio ou outro que teve erros de tradução que não são escandalosos. No geral é uma tradução boa, às vezes acontecem os erros de digitação, que são coisas diferentes, o primeiro vem de problema de conhecimento, o outro de pressa pra colocar os episódios logo no ar, mas cá entre nós, os fansubs cometem esses erros de maneira muito pior, e a maioria aceita calada ou muitas vezes passam a achar que esses erros estão certos e viram até exigências para traduções futuras. No caso de erro, é só reportar à equipe do Crunchyroll que eles consertam, e pelo que eu já vi, eles fazem isso sem demora. Até a Netflix tem erros de tradução, na segunda temporada de Demolidor eles pediram desculpas porque nos primeiros episódios estava Daredevil sem tradução. E tem sinopses lá muito mal escritas, mas isso é algo que nós assinantes podemos contribuir, só dar um toque pro pessoal que eles ajeitam.

 

beda 06 blog everyday april abril 2017 opm comentarios review analise crunchyroll streaming anime online fansubs

De onde veio isso, tem muito mais

Outra coisa que vai soar trouxa, mas eu não gostei muito, que vale tanto pra Crunchyroll, Netflix, Amazon Prime Vídeo e outros, é o fato de que depois do período de gratuidade pra teste, eles renovam seu cadastro automaticamente pra pagar sem te consultar. Deve estar nos termos de serviço isso (procurar pelos termos de serviço), mas pessoalmente eu não acho isso legal. Porque acaba induzindo o assinante a ficar com o serviço sem ele poder escolher renovar por si mesmo. Não me arrependo de ter nenhum desses serviços, mas pessoalmente, eu preferiria que me avisassem para poder renovar finalmente. E o caso do Crunchyroll eu acho pior porque se trata de algo que atrai mais menores de idade, aí a molecada coloca o cartão do pai, da mãe, ou algum outro responsável, a renovação vai, e eles nem perceberam o que fizeram. Esse tipo de prática das plataformas de streamings eu não vejo como as mais honestas com os assinantes.

 

beda 06 blog everyday april abril 2017 opm comentarios review analise crunchyroll streaming anime online

Olhem o site deles que tem muita coisa pra conhecer

Mas esse é o pior defeito? Não, para alguns, pode até não ser um defeito, embora eu não vejo isso com bons olhos, mas existe um defeito que é bem pior. A minha maior reclamação, que já foi muitas vezes motivo de irritação com o Crunchyroll é o player. Acessando pelo navegador, não é difícil os episódios travarem, principalmente de séries que os vídeos parecem ser mais pesados, e minha internet é de 5MB, não é alta, mas também não é uma internet lenta, tá acima da média do país. No Android eu não gosto muito de usar, mas vou testar isso depois, porque o meu celular é um Galaxy S3, a RAM dele é mais baixa, sistema operacional mais antigo, então como devo comprar um S7 ou um Moto G5 Plus, vou ver nesses aparelhos como funciona o aplicativo. Mas mesmo no S3, já quebrou bastante o galho. Eu usei também no iPad do meu cunhado e lá rodava que era uma maravilha. No aplicativo pro Windows, que é onde eu uso atualmente, é bom, mas poderia ser melhor, ainda tem suas travadas.

Porém a minha maior decepção com o Crunchyroll, foi o fato deles terem tirado o aplicativo das Smart TVs, porque ali era onde passava melhor os animes, era ótimo, tinha dia que eu nem ligava o meu computador, passava o dia assistindo animes lá, uma pena eles terem acabado com os aplicativos para Smart TVs. Assistir animes em Smart TV é o jeito mais confortável que existe, pelo menos para mim. Assiste deitado, numa tela maior, usando só o controle remoto, nossa, dá até saudade.
Não, não acho que é só comprar um Chromecast, Smart TV é algo muito caro, tem aplicativos e elas mesmas deveriam ter esses aplicativos (o mesmo vale pra vocês HBO GO e Amazon Prime Video). Chromecast foi feito mais para TVs de alta resolução que ainda não tinham como colocar aplicativos, TVs que não são “smarts”. Eu inclusive estou torcendo para que coloquem logo esses 3 aplicativos no Nintendo Switch, que segundo rumores, daqui há um tempo vão ter esses 3, Netflix e outros.
Eu acho que se o Crunchyroll melhorar nesse ponto, que é algo importantíssimo, eu fico praticamente sem críticas.

 

beda 06 blog everyday april abril 2017 opm comentarios review analise crunchyroll streaming anime online

Sentimento quando o aplicativo da Smart TV foi descontinuado

Mas é ruim? Não, muito pelo contrário, existem mais prós do que contras, bem mais.
O acervo deles é quase perfeito, se tratando de animes atuais, a cada temporada eles colocam muitos animes das próprias temporadas, e aos poucos em paralelo, eles vão colocando animes de antes, e alguns até mais antigos. Lá estão quase todos os animes mais populares do mundo, Dragon Ball Super, One Piece, Naruto, Bleach (não tô entrando no mérito de qualidade e sim popularidade), JoJo, Shingeki no Kyojin (entrou só a 2ª temporada, mas a 1ª deve ser reposta logo), Cavaleiros do Zodíaco, Fullmetal Alchemist, Hunter x Hunter, Gintama, Fairy Tail, Sword Art Online, Re:Zero, Digimon Adventure Tri, Berserk, Sailor Moon, dentre outros títulos bons e famosos, ou apenas só um dos dois. Outro tipo de anime que é bem legal no acervo são os curtinhos, eles viraram minha paixão depois que os conheci, principalmente pelo catálogo do Crunchyroll que está recheado deles, alguns inclusive excelentes ao ponto de serem comparáveis com animes de 25 minutos. O atendimento da equipe nos momentos de necessidade é bem eficiente. Uma vez eu pedi no início de 2014 quais eram todos os curtinhos do Crunchyroll, eles me mandaram a lista de todos os animes que tinham menos tempo de episódios que o normal, outros atendimentos eles foram rápidos, educados e solícitos também.

 

beda 06 blog everyday april abril 2017 opm comentarios review analise crunchyroll streaming anime online catalogo

Não é nada fraco, mesmo não gostando de alguns animes do acervo

 

Vale a pena assinar então? Vale, é o que eu acho. Eu não perco tempo baixando episódios, economizo espaço no meu HD, assisto os episódios assim que saem, o preço é bom (pago anuidade), e eu recomendo o plano Premium, Premium+ não tem nenhuma diferença que faça com que você perca algo realmente relevante. E quem quiser, uma vez por mês, tem sempre um Passe Livre de 15 dias que os assinantes recebem, os meus acabam sempre sendo desperdiçados, então se tem alguém interessado, me avisa que eu mando pelo menos um. Mas manda o seu e-mail para que eu consiga mandar o passe pra você. Então é isso, o Crunchyroll ainda pode melhorar, tecnicamente quanto em acervo, mas é um bom serviço. Eu sou assinante desde quando chegou no Brasil e me sinto satisfeito, teve vezes que fiquei irritado, mas sem ele é bem pior. Ter o Crunchyroll me facilitou o modo como assisto animes.

 

beda 06 blog everyday april abril 2017 opm comentarios review analise crunchyroll streaming anime online

Crunchyroll vale a pena

 

Comentários Finais:

– Mais um dia de BEDA, mais uma postagem feita.

– Tokyo Ghoul talvez saia amanhã. DK postou Yu-Gi-Oh! Arc-V hoje que está sensacional. Já falei com ele que concordo com tudo que ele escreveu.

– Acessem o site deles para saber mais: http://www.crunchyroll.com

Então é isso. Comentem o que acharam dessa postagem, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões de tema, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

Anúncios

2 comentários sobre “BEDA #06 – Crunchyroll

  1. HaruBoy disse:

    Bom post, Sano. Eu diria tudo isso que você falou, mas eu complementaria dizendo que o Crunchyroll hoje é a grande referência no que diz respeito a animes no Brasil, da mesma forma que o Animax e a Rede Manchete foram em suas respectivas épocas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s