Magi: The Labyrinth of Magic 317 – As Diferenças

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Bora rapidinho fazer umas pinceladas sobre Magi dessa semana?


Magi: The Labyrinth of Magic – Capítulo 317

Dando novamente foco ao Sinbad, nós vemos que ele tem seus pesadelos, David não voltou a incomodá-lo, tem suas articulações, é o Sinbad que conhecemos. Até aqui tudo que se esperava, inclusive a passagem dele em Huang (Kou).

Só que depois o que temos é um spoiler das Aventuras de Sinbad. Como alguém que lê os dois mangás, eu fico na dúvida se precisava disso. OK que já imaginávamos que alguns personagens já tinham morrido, mas eu não sei se precisava entregar aqui antes do mangá protagonizado pelo Sinbad. Eu sei que essa é a série principal, mas não acho que precise desvalorizar o outro mangá. Se fosse eu, deixaria essas revelações cabais para o outro mangá, mas eu não sou Shinobu Ohtaka e nem editor da Shonen Sunday, então pode ser que tenha algo que eu não saiba. Embora espero que tenha um planejamento e não seja apenas um menosprezo ao outro mangá.

Quanto às revelações desse capítulo, interessante revelar que Drakon é o novo rei de Simbária (ou Sindria). De Hinahoho já se imaginava também que seria o rei da sua terra. As mortes como do Mystras já era algo que imaginávamos, não lembro se confirmaram a antes a Serendine, mas a mulher morta nos braços do Sinbad é certeza de que é ela. Mas foi como eu comentei antes, ainda não sei se aqui foi o melhor mangá para revelar isso enquanto ainda não chegou nesse ponto nas Aventuras de Sinbad.

E esse capítulo serviu para mostrar justamente o que Aladdin falou para Sinbad, que ele não está sozinho. Sinbad não é um vilão, é alguém que errou, continua errando, mas é alguém que está aí para mudar o mundo para melhor. E está fazendo isso com o apoio de seus amigos e outros aliados. Porque eles também sofreram com o mesmo problema que Sinbad sofreu, então é egoísmo demais guardar essas dores só para si e querer resolver os problemas sozinho, deixando os outros que sofreram de fora.

Comentários Finais:

– Dá para ser otimista com o Sinbad no final depois desse capítulo. Ainda dá pra esperar sim que David e Arba vão aprontar pra cima dele e que isso vai respingar nos protagonistas e aliados do Sinbad, mas se tem uma perspectiva de que Sinbad vai superar isso.

– O capítulo foi rápido e objetivo como costuma ser. Não sei se foi bom ter revelado isso como martelei várias vezes nesse texto, mas o final pelo menos foi bom. Não sei o quanto foi bom, mas como um leitor dos dois mangás, peso a não gostar disso.

– Ainda hoje tem As Aventuras de Sinbad e Vagabond vai ficar para amanhã. Eu ia lançar Vagabond na quarta inicialmente, mas só que como o VG estreou o Audiodrops, preferi adiar um dia todos. Era inclusive pra ter lançado ontem os de Magi, que eu nem esperava sair na quarta. Mas se tivesse postado OPM terça, teria saído ontem mesmo.

Então é isso. Comentem o que acharam do capítulo e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

Anúncios

Um comentário sobre “Magi: The Labyrinth of Magic 317 – As Diferenças

  1. henrique sousa Oliveira disse:

    não acho que ela tenha menosprezado, tipo,o sinbad no bouken o roteiro é dela, não é como se fosse feito por outra pessoa ( na verdade é, mas só o desenho). acredito que ela mostrou isso logo porque o mangá já está terminando, tem menos de 1 ano ( isso baseado na última notícia sobre o fim)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s