Magi: The Labyrinth of Magic 314 – Ninguém é de Ferro

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Bora comentar sobre o mais recente capítulo de Magi?


Magi: The Labyrinth of Magic 314 – Capítulo 314

Dessa vez tivemos um capítulo que tirando a última página, que mesmo assim não foi tão pesado, ele foi bem leve. Foi um capítulo de descontração e relações pessoais.

Primeiro tivemos uma boa dose de humor entre eles, que foi bem gostoso e divertidinho, para depois termos o destaque do capítulo. O romance. Finalmente tivemos algo que alguns fãs esperavam, Ali Babá se declarar para Morgiana e pedi-la em casamento. Nisso tivemos uma reflexão interessante do nosso protagonista, aquele momento que mostra a humanidade do personagem que Magi sabe fazer muito bem.

Nessa reflexão nós vemos o desenvolvimento dele como pessoa, o que ele pensava e o que pensa atualmente nesse aspecto. A resposta da Morgiana foi o que se esperava, afinal, o lado dela sempre foi demonstrado pela Shinobu Ohtaka, o dele não. E isso foi uma oportunidade para nos mostrar o que ele pensava a respeito disso tudo. Eu mesmo tinha minhas dúvidas sobre qual seria o destino desses romances, apostava até na Hongyu (Kougyouku) e até preferia um pouco, pra fugir do clichê do casal de protagonista que faz parte do trio e acaba junto (NÉ RONY E HERMIONE?). Embora verdade seja dita que a relação dos dois nunca teve esse clichê todo, só mesmo pelo fato de serem um casal do núcleo principal, porque os arranca-rabos de casalzinho nunca tiveram. Até porque Morgiana tem boca e não fala, e também nunca usou o recurso de bater nele quando ele faz merda.

E a última página teve papo mais sério, mas foi com pegada leve e até piadinha do Aladdin, que agora que cresceu, tá cheio das maldades. Para quem falava que ele era um Goku, ele nunca foi assim e agora que cresceu está mais diferente ainda. E também é recurso para dar mais espaço para os 3 principais juntos.

Comentários Finais:

– Apesar de não ser um capítulo de importância quase nenhuma para o destino da trama principal, foi algo gostoso de se ver. É algo que faz falta nos mangás shonen, relações entre as pessoas.

– Se tudo der certo, tem Vagabond ainda hoje.

– E vai dar para fazer mais algumas outras reviews de alguns volumes, inclusive uma novidade. Fiquem atentos.

Então é isso. Comentem o que acharam do capítulo e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s