Boku no Hero Academia 96: Venha Para O Internato U.A.

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Bora comentar sobre o último capítulo de Boku no Hero Academia que tá bem interessante?


Boku no Hero Academia: Capítulo 96

Agora que a primeira saga da história terminou, no início da segunda vemos que isso resultou em uma situação desesperadora. Dois heróis aposentados, um de licença, U.A. na mira dos vilões mais do que nunca e agora a escola vai virar um internato. Admite, você pensou em Hogwarts nesse momento. Mas falando sério, isso não é nenhum demérito, só pra deixar claro. Se trata da mais popular obra da cultura pop dos últimos anos. É óbvio que vão ter histórias que vão se inspirar em alguma coisa dela, e isso é bom. Ruim seria se inspirar em coisas horríveis.

Mas depois da primeira parte, em que temos esses relatos, vem o trabalho complicado para All Might e Aizawa. Tirando o final, que eu vou comentar mais abaixo, essa parte foi muito divertida. Primeiro foi a família da Jirou, achei bem legal o “estilo Rock n’ Roll” (perdão pelo linguajar de matéria da Globo que não entende do assunto) que deram para a família, tem tudo a ver com ela. Mas o que eu mais ri foi da família do Bakugou, minha Nossa Senhora, o que é a mãe dele? Que figura, ela é o Bakugou de bom humor e madura. Eu me diverti muito com o Bakugou tomando tapa na cabeça dado por ela, o jeito dela, como ela criticou o jeito do próprio filho. Melhor mãe do mangá até o momento. E o mais irônico é que o pai dele é o completo oposto deles.
E esse capítulo mostra de novo algo que eu vinha reparando mais revendo o início da história no anime, como o Bakugou é mesmo com a personalidade intragável, o modo como ele se comporta com e sem o Midoriya por perto. Sem o Midoriya por perto ele é o típico marrento, mas com o Midoriya por perto ele se estressa mais, ele sente que é uma ameaça real ao sonho de maior herói na sua frente.

Agora a parte mais importante, a visita do Midoriya. Aconteceu o pior, a mãe dele negou a autorização dele ficar na U.A. em tempo integral. Motivos? Os óbvios, não quer que seu filho volte acabado ou então em um caixão e não confia no All Might. O ponto de vista da mãe é algo que dá para entender, mas para o filho, é a pior sensação do mundo. Quando você quer realizar o seu sonho e você não pode justamente porque seus pais não deixaram, para quem passou ou passa ainda por isso, é um sentimento de impotência que te deixa pra baixo e não sabe como mudar a situação. Nesse caso só existe um jeito, a verdade. All Might vai ter que revelar tudo para a mãe dele, porque é isso ou ele vai ser um alvo constante dos vilões que já o marcaram e sabem que ele é uma ameaça a eles.

Comentários Finais:

– Outro excelente capítulo. Não demorou pra ler como achei que seria, vendo alguns textos grandes. Ele foi bem divertido e o traço esteve como sempre.

– O Choco levantou uma questão que eu tinha esquecido, o fato do pai do Midoriya nunca ter aparecido. Só se falou da individualidade dele e mais nada. História pro futuro.

– Recomendar para vocês um texto muito bom comentando sobre o mangá, All Might, sociedade japonesa e tal. Cliquem aqui e leiam que está muito bom.

– Amanhã teremos Sinbad e quarta-feira teremos Zetman.

– Perdão não ter postado antes, não deu tempo porque estive bem ocupado nesse fim de semana.

Então é isso. Comentem o que acharam do capítulo e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s