Versão Brasileira: Terra Formars 2 – JBC

Olá pessoal, tudo bem? Bora falar de barata nessa véspera de feriado?


Terra Formars Volume 2

Dessa vez a história se passa 20 anos no futuro, de início temos o Komachi coroa, porém bem conservado, de olho em algo estranho, uma arena de luta até a morte onde encontramos um dos personagens principais da história e capa desse volume, Akari Hizamaru, que por causa da melhor amiga/paixonite nunca assumida ele acaba entrando nessa selvageria pra ganhar dinheiro e tudo mais, inclusive isso é dito para todo o mundo no local.

Essa parte junto com a origem do Marcos e do Alex (Sheila também, mas não conta tanto) fazem parte de uma ambientação que o autor nos mostra de que a Terra, mesmo 6 séculos depois continua uma porcaria e cheio de gente podre. E que o pobre é quem mais se ferra mesmo no futuro. O único problema que eu tenho com esse futuro de Terra Formars, é que eu acho que faltou avanços tecnológicos no nosso dia-a-dia. Daqui a 20 anos não teremos televisão da maneira que foi mostrada no mangá, imagina 600. Filmar com câmeras parecidas com as de hoje, acho que faltou mostrar uma Terra futurista mesmo, não só na missão espacial.

Agora é a vez de comentar sobre os personagens apresentados até o momento.

A começar pelo Akari que em muitos momentos vai ter o posto de protagonista dividido com o Komachi, embora ainda vejo o Komachi como o personagem principal. Embora tem horas que Terra Formars parece não ter um protagonista.
Mas sobre o Akari, ele é o herói trágico padrão, forte, lutador de karatê, e vai ser um dos principais combatentes na história. E ele é um dos dois que nasceram com a habilidade de se transformar, porque é filho de alguém que passou pelo procedimento.
Aliás, não entendi porque ele teve que passar pelo procedimento cirúrgico se ele já poderia se transformar.

Um dos melhores momentos do mangá foi com ele, o momento que contrariando a lógica e as ordens da Michelle, ele vai até o garoto que tá com o vírus mortal e fica amigo para ter uma motivação. Achei uma atitude emocionante e digna de um herói.

Fora isso ele teve também seus momentos de um jovem normal, na interação dele com as outras pessoas, principalmente com Marcos e Alex, porque eles não deixam de ser adolescentes.

Marcos e Alex são dois que comeram o pão que o diabo amassou, o México virou Grão-México e nesse futuro o país só piorou, e eles saíram de lá pra encontrar a Sheila que era amiga de infância deles, porque os pais dos dois(que não são irmãos) trabalhavam na mansão (pelo que foi mostrado era uma mansão sim) da família da Sheila. Só que como no Grão-México, mesmo os mais “ricos” (que eles enfatizaram isso, que o rico lá não é a mesma coisa que ser rico de verdade) não estão imunes aos problemas financeiros. Os pais dela não pagaram os funcionários, logo deu uma merda federal, revolta e Sheila foi com a mãe pro outro lado da fronteira.

Sobre esses dois personagens, a diferença entre eles é que o Alex(que se chama Alex K. Stewart, um nome completo que de mexicano não tem nada) tem o sonho de jogar baseball profissional nos Estados Unidos e Marcos não tem um sonho. De personalidade não mostraram diferenças nesse volume, ambos parecidos, impulsivos, brincalhões, caem na pilha fácil. Mas a apresentação deles foi boa.
E uma coisa que eu não gostei é como o Alex parece o Akari, a diferença é o tamanho do cabelo, pelo menos no mangá. E sim, dá pra confundir os dois personagens, o que eu acho uma bola fora do desenhista.

Michelle foi a personagem dentre os apresentados do núcleo principal que foi a mais apagada ao meu ver. Não mostrou nada dela, só que assim como o Akari ela também nasceu com a capacidade de se transformar e ser mais linha-dura que o Komachi, não como o Adolf, claro.

JBC, traduzir Michelle pra Michel foi demais. Me irritou ver chamarem-na de Michel, até de Michelzinha. Dá um jeito nisso.

Adolf que é o oficial da Alemanha foi feito no estereótipo do alemão, cara frio e distante. Acrescentaram também o apelo visual pra dar uma diferenciada. Mas o autor mostrou que até mesmo os caras mais frios e de patente alta têm seu lado humano. Achei bom pra não mostrar o personagem como um clichê total. E mais pra frente vão mostrar isso mais ainda.

Os russos eu prefiro deixar pra comentar mais a frente, e esse volume teve bem menos ação do que o primeiro, que serviu mais como um prólogo. Esse volume 2 foi mais o início da história, a apresentação dos personagens, uma boa quantidade de diálogos expositivos, teve uma boa dose de comédia, o que é algo que eu gosto.

Além disso, o ritmo é bem mais lento que o do anime, tem mais coisas que estão no mangá que nem entraram, ou apareceram muito rápido, no anime. Tanto que eles ainda nem entraram em Marte, eles estão na nave ainda. Mas foi um volume muito bom de se ler, tudo isso que eu falei foi feito de maneira competente, teve uns poréns que eu citei antes, mas não fazem a história não ter ficado boa.

Comentários Finais:

– Sobre o papel, eu achei que tá aceitável. Não tá bom como de mangás como Rurouni Kenshin e afins, mas também não está ruim. O papel é um pouco mais fino, mas o preço também não tá fora de mão. Assinando então fica melhor ainda. Eu peço desculpas por não ter reparado em algumas coisas.

– O papel offset é melhor que o papel-jornal, não tem que se voltar a usar papel-jornal em mangá, inclusive temos papel-jornal que caga os dedos. (NÉ PANINI?) Mas recomendo uma ótima leitura sobre o assunto dito pelo Fábio Sakuda no XIL. Cliquem aqui que vão ler a opinião dele.

– Recomendo também esses vídeos comentando sobre o assunto. O primeiro é o Fala Otaku da semana retrasada e o segundo é um vídeo do Kaneda. Cliquem nos links que estão em cima dos nomes.

– Só recebi esse mangá na semana passada, por isso que não deu pra escrever e sequer ter lido antes.

– Mangá e manga juntos, coincidências da vida.

Então é isso. Comentem o que acharam do volume e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s