Versão Brasileira: 20th Century Boys 15 – Panini

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Desculpa o atraso enorme, mas finalmente estamos aí para falar de 20th Century Boys. Bora lá?


20th Century Boys Volume 15

Nesse volume já temos o recorde mundial de padres tatuados com passado nebuloso. Mas deixando a brincadeira de lado, as histórias dos dois padres são rápidas para termos noção primeiro de quem é o Padre Luciano, que nos é apresentado nesse volume e depois do Padre Nitani. Fora o que eu citei antes, os dois padres têm em comum ambos tiveram suas vidas transformadas por causa de um padre. No caso de Luciano, o falecido Padre Perin, que a partir dele as pistas vão chegando a um lugar. Já o Padre Nitani, é ligado fortemente ao atual Papa, ele que é o objetivo desse volume, pois o que descobrem é que um assassino da seita do amigo planeja matá-lo.

Com isso, a trama desse volume corre com essa função, Kanna e os outros agindo secretamente para proteger o Papa desse atentado enquanto procuram pelo tal assassino. Só que dessa vez o que acontece foi a coisa mais bizarra de todas, ao invés do assassino matar o Papa ou do grupo de Kanna parar o mesmo, aparece do nada simplesmente o Amigo e toma um tiro pelo Papa, ou seja, ele ressuscitou e salvou o pontífice. Como disse no mangá, ele se tornou um Deus ali, foi uma apoteose.

Com isso acontecendo todos nós pensamos “Será que o Fukube mais uma vez simulou a morte dele?”, “Mas o Otcho não tinha confirmado que ele morreu?”, “Ou será que um outro alguém pegou a identidade do Amigo para si?”, porque isso pode acontecer também, o título ser mais importante que uma pessoa. E quase ninguém sabe mesmo a verdadeira identidade do Amigo.

Mas de qualquer forma, um excelente volume, mais uma vez uma leitura satisfatória, que dá pra ler rápido, bem explicativa, com ótimos momentos de deixar o leitor bem empolgado, ver as pistas sendo mostradas e as execuções dos planos também foi outro show à parte, e continua valendo muito a pena ler esse mangá.

E esse finalzinho hein? Um capítulo de 3 páginas com um velho japonês aleatório com um violão nas costas. Empolgou também né? Ótima maneira de fechar esse volume.

Comentários Finais:

– Desculpem-nos pela demora para postar algo. Como dissemos, nós 4 estávamos em São Paulo no Anime Friends e eu fui na Fest Comix, que falarei dela em outro post. E nas últimas semanas eu estava nas minhas provas finais, por isso não deu pra postar nada, mas agora tentarei colocar minhas reviews em dia.

– Sim, o Anime Friends tava bem legal, gostei muito de ter ido a São Paulo depois de quase 5 anos sem ir lá. Até comer um Kare Rice e Stick Dog valeu muito a pena no último dia. Sem falar do show do FLOW.

– Talvez ainda hoje, no máximo amanhã, teremos a Versão Brasileira de um título novo, fiquem atentos.

Então é isso. Comentem o que acharam do volume e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Mandem críticas e sugestões, caso tenham. E até a próxima pessoal.

Curta o Otaku Pós-Moderno no Facebook | Siga o Otaku Pós-Moderno no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s