Versão Brasileira: Rurouni Kenshin 24 – JBC

Olá pessoal, sendo bem rápido para falar do meu penúltimo post da Versão Brasileira e vai ser com o último e surpreendente volume de Rurouni Kenshin que saiu aqui. Bora então comentar.

wpid-20141230_173512.jpg


Rurouni Kenshin Volume 24

Esse último volume que saiu foi sem dúvidas pra mim o mais tapa na cara que o Watsuki fez. Ele te assusta bastante no início, ele quebra as expectativas, e vê os personagens principais, em especial Kenshin, chegarem ao fundo do poço. Tudo isso porque Enishi foi o cara mais FDP possível, ele não é ambicioso como Shishio, mas o quão baixo que ele joga, ele faz de tudo para abalar Kenshin. Se para Shishio o Kenshin era um empecilho para o seu plano de dominar o Japão, já para Enishi, Kenshin é o motivo de todo o seu ódio na vida. Kenshin é aquele que Enishi quer destruir das piores maneiras possíveis, e ele saboreia essa vingança.

E o que foi que aconteceu? Simplesmente depois do desfecho do volume passado que Enishi planeja algo com a indefesa Kaoru, simplesmente depois vemos a imagem do corpo da Kaoru morto e com cicatrizes no rosto como a do Kenshin, e foi isso que destruiu a todos os personagens que vivem no Dojo Kamiya. Por causa disso vemos Kenshin perdendo todas as esperanças e se punindo de uma maneira que ficamos com muita pena do espadachim ruivo. E isso não só prejudica Kenshin como todos os outros amigos, porque a desunião que nem strike de boliche, levou todos os pinos de uma vez.

Mas essa desunião também fez com que o foco passasse para outros personagens, tivemos finalmente a chegada de Misao e Aoshi em Tóquio. Os dois, junto com Yahiko, que foi o único que não desistiu deles, foram os que conduziram esse volume. Aoshi com sua tranquilidade e frieza de um ninja juntando o que não tava fazendo sentido, tarefa que um shinobi de elite poderia investigar e sem ter os sentimentos pessoais atrapalhando. Misao tendo seus conflitos com Yahiko e dando uma visão mais passional de quem é de fora, mas tem uma ligação com essas pessoas. E não menos importante, Yahiko sendo o membro do núcleo principal com mais esperanças, que apostou todas as fichas nos companheiros de Kyoto e sendo aquele quem não desistiu nunca. Tanto que Aoshi e Saito entendem porque Kenshin via o garoto com bons olhos.

Luta não se teve muito, mas a luta entre Aoshi e Gein foi satisfatória. O Gein tinha perdido um pouco de peso porque os bonecos dele já não estavam mais lá para lutar e o clichê do personagem que estava guardando as forças mas que livre, leve e solto passa a lutar com todo o potencial não cola. Esse truque do “eu usava a tal arma (que não é algo físico), mas por ser perito nela eu sou um monstro no corpo-a-corpo” eu já cansei de ver e não me convence.

Quanto à Kaoru. O Watsuki arregou legal, ele confessou isso e todos nós sabíamos, porém faz sentido essa arregada. Não teria como Kenshin realmente ter um final feliz se quem foi que o salvou de uma vida de solidão e culpa fosse tirada dele para sempre dessa maneira. Convenhamos que é bem melhor o Kenshin ter um final feliz do que a porcaria de final que teve naquele OVA horroroso.
Fora isso, essa armadilha também serviu para vermos a interação de Kaoru com Enishi. Ela serve para vermos os defeitos e patologias do vilão, daí percebemos que ele é um louco que não tem nada na cabeça que não seja a sua irmã. Isso é doentio e muito triste, ver alguém que desde criança só tem trauma na cabeça.

Comentários Finais:

– Esse volume foi do cacete, e o trabalho da JBC continua de alto nível e deverá ser assim até o fim.

– Esse é o último volume que comento de Rurouni Kenshin no ano porque o volume 25 só vai chegar na minha casa no ano que vem.

– Falta agora só falar de Dragon Ball 32 para eu fechar a Versão Brasileira desse ano.

Então é isso. Comentem o que acharam do volume e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Curtam a nossa página no Facebook, mandem críticas e sugestões caso tenham.
Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s