Versão Brasileira: Rurouni Kenshin 23 – JBC

Olá pessoal, esse mês saiu mais um ótimo volume de Rurouni Kenshin e é dele que vamos falar nesse post.

image


Rurouni Kenshin Volume 23
O volume passado terminou com a aparição repentina de Saito e é a partir dela que começa o rumo desse volume. E foi a primeira vez que o Saito interage com todo o mundo do núcleo principal juntos. Com Sanosuke e Kenshin ele foi o de sempre, e dessa vez ele trocou “gentilezas” com Kaoru e Megumi, e muitos momentos foram bem engraçados. Essa interação que foi o quebra-gelo do volume. E eu sempre vi os personagens principais de Rurouni Kenshin como uma família (não lembro se Watsuki já disse isso ou não, mas eu sempre vi, independente do que ele já falou), Kenshin seria o chefe, Kaoru a mulher do Kenshin e como uma irmã pros outros, o Yahiko o irmão menor e o Sanosuke aquele irmão que aparece pra comer e arrumar encrenca, embora ele parece ser um irmão de todos os outros três ali.

O Saito nesse volume foi como alguém da família deles, ele foi o mais velho de todos que não tem paciência pra infantilidades mas ele não vive sem alfinetar os mais novos. Ele gosta no fundo ficar com eles e se preocupa com o que pode acontecer. Essa é a minha impressão sobre eles, e sim, claro que isso é muito divertido. Saito que depois de um bom tempo fez uma luta, e uma boa luta, diga-se de passagem, contra um personagem que ele não parava de cutucar chamando de aberração. E Yatsume se doía por isso, porque pra ele o braço esquerdo enorme era tudo.

E depois dessa luta, Kenshin se destacou novamente. Primeiro pelo que ele disse ao Yatsume, que é uma verdade, ele pode usar a capacidade física dele pra trabalhar pelo povo. Yatsume pode muito bem largar essa vingança e fazer algo que preste na vida, isso é fato e Kenshin deu uma oportunidade pra que ele faça isso. Depois disso teve finalmente a luta entre Kenshin e Enishi. Uma luta que inicialmente estava me irritando muito pela paciência de Kenshin com Enishi, mas depois ela empolgou. E dessa vez Watsuki surpreendeu, porque quando achávamos que ia ter uma conclusão, ele faz um plot twist e agora o jogo inverteu de uma maneira bem preocupante. O que vai ser? Só no mês que vem para sabermos.

Comentários Finais:

– Esse foi mais um ótimo trabalho da JBC, que vem mandando muito bem com Rurouni Kenshin. Gostaria que eles relançassem o volume especial.

– Confesso que estou ansioso e ao mesmo tempo aflito por estar quase no final. Em abril do ano que vem ele vai terminar se não tiver nenhum adiamento.

– Como eu disse sobre na Versão Brasileira do volume anterior, eu espero muito que o Watsuki mesmo depois desse spin-off, continue trabalhando com Rurouni Kenshin, porque foi a única obra dele que deu certo em 20 anos de carreira.

Então é isso. Comentem o que acharam do volume e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Curtam a nossa página no Facebook, mandem críticas e sugestões caso tenham. Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s