Review Psycho-Pass 2: Episódio 4 – A Salvação de Jó

Olá pessoal, tivemos um episódio louco de Psycho-Pass 2, então vamos falar de toda essa confusão?

Psycho_Pass-2_-_04.mkv_snapshot_07.18_[2014.11.01_16.57.42]

Psycho-Pass 2: Episódio 4 – A Salvação de Jó

Essa imagem que escolhi como capa reflete bem o que foi esse episódio. Esse episódio foi sádico, agitado e só teve momentos interessantes de assistir em pé de tanto que foi empolgante, mesmo de uma maneira diferente. Tinha esquecido no outro post de falar da prisão do deputado, até apareceu um pouco sobre ela nesse episódio, mas nem foi importante assim, pelo menos por enquanto.

O clima em cima da clínica e dos reféns foi bem pesado, violento, digno de uma história policial. O lado dos justiceiros é compreensível, porque eles não podem sequer irem ao banheiro sem a permissão dos investigadores, mas a Mika não tomar nenhuma atitude e deixar a Divisão 3 fazer o que quiser e depois ficar com cara de desgosto sendo que a atitude dela foi de uma bananice única. Resultado, a Divisão 3 fez tudo o que não deveria fazer, se fosse no mundo real eles seriam julgados por massacre, presos e expulsos da polícia. Mas isso na minha opinião serviu também pra mostrar o quão autoritário é o Código Sybil, fazendo o que quer e lhe convém sem sequer sendo questionado o sistema. Claro que isso pra história foi genial, excelente porque gera a vontade de ver alguém chegar e mudar isso tudo.

O episódio também teve outras respostas e questionamentos excelentes. Descobrimos o que Kirito queria com isso tudo, ele fez com que mostrassem o que os Dominators podem fazer e também descobrimos novos tipos de Dominators. O novo Dominator é muito útil, porém o que a Divisão 3 fez foi de uma extrema irresponsabilidade e desumano. Desumano também é eliminar as vítimas dessa maneira ao invés de tentar tratá-las, pro Sistema Sybil é mais fácil eliminar o que pode dar trabalho do que fazer algo que pode gerar resultados mais civilizados e humanos. O negócio é a população japonesa rezar para não ser vítima de nenhum crime, porque se depender do Sistema Sybil, mais fácil varrer tudo pra debaixo do tapete.

Também descobrimos mais sobre a dependência que o remédio para manter a matiz clara e tranquila gera, não só é um sistema de exploração financeira pela propaganda como também é algo que vicia, e mais uma vez partindo pro caminho fácil, transformando as pessoas em zumbis vivos, perdendo a vontade e qualquer coisa. Isso também me faz pensar em algo que eu sempre pensei, os governos negligenciam, tentam resolver as coisas do modo mais fácil, mas o criminoso dessa semana (foi mal, esqueci o nome) provou que existe também a vontade dos criminosos e sádicos de fazerem esses absurdos, existe a escolha sim de algumas pessoas de fazerem o que querem, mesmo que prejudique o próximo ou até mesmo a sociedade.

Comentários Finais:

– Mais um excelente episódio, e cada dia me faz pensar que é o melhor anime original que eu já vi. Meu favorito já é, mas dos que eu assisti, tem sido o melhor. Nem preciso dizer que acho o melhor da temporada e do ano, né?

– Deu também pra ver um pouco da personalidade do Hinakawa. Um rapaz tímido, obediente e que pode ter uma boa capacidade de observação. Mas não demonstra ser um rapaz de iniciativa.

– Sim, eu fiquei com vontade de matar a Mika.

– Eu não torci pra que acontecesse isso com a inspetora, mas eu não consigo deixar de pensar que isso tudo foi um karma, ainda mais deepois do que ela fez na primeira temporada.

Então é isso. Comentem o que acharam do episódio e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Curtam a nossa página no Facebook, mandem críticas e sugestões caso tenham.
Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s