Versão Brasileira: Assassination Classroom 1 – Panini

Como não poderia faltar, tenho que falar do sucesso da Jump mais falado dos últimos anos e que estreou no Brasil bem rápido.

wpid-20140829_114051.jpg

Assassination Classroom Volume 1

Ao contrário de vários, esse foi o meu primeiro contato com Assassination Classroom. No início do ano eu planejava acompanhar online, mas tinham outros mangás na frente para ler e assim que saiu a “confirmação” da Panini na Fest Comix, aí eu preferi esperar pelo mangá sair e acompanhar por aqui mesmo.

A Panini me surpreendeu em lançar um mangá tão recente e com poucos volumes, estimando que daqui a 2 anos apenas alcançaremos os volumes do Japão, a partir daí eu passo a ler online pra acompanhar por igual, eu acho.

Outros pontos positivos da Panini, distribuição nacional e assinatura (junto com Kuroko, que eu também vou assinar e estou comprando). Adoro quando a Panini faz serviço de assinatura, facilita e muito a minha vida e torço que tenham mais assinaturas dos próximos lançamentos.

Quanto à história. Eu curti, achei divertido, rápido, muitíssimo engraçado. Gostei bastante do Koro-sensei, e assim como a maioria, eu não acredito que ele queira destruir a Terra. Existe a promessa que ele fez como vemos, porém se fosse apenas pra dar aula, ele faria, mas ele tá treinando eles para serem assassinos e se colocou como um criminoso. Minha teoria? É que ele tá formando um exército(nem falo milícia porque eles estão sendo armados pelo governo japonês) para combater algo, e deve ser algo bem maior do que se imagina. Vemos também o modo como ele trata os alunos da turma E, os excluídos, os underdogs dali. Ele trata eles com atenção e carinho que ninguém na escola trataria, assim como vemos como alguns alunos, em especial Nagisa que é o que tem mais destaque, vão parar ali, demonstrando o que há de mais escroto e babaca dentro das escolas, o que faz com que torçamos por sucesso dos alunos dessa turma e querer ver também os babacas da escola que fazem distinção de pessoas porque fulano tem proteção, siclano é filho de cara influente e por aí vai. As típicas panelas que pessoalmente me trazem ojeriza.

Em relação às cores do Koro-sensei, olha, vai ser um pouco difícil pelo mangá memorizar as cores, mas em anime isso vai ter bem mais destaque e ser reparado. Quanto ao trocadilho do nome dele, a Panini explicou bem no rodapé, rápido e objetivo, sem ter que precisar ir nos glossários que eles ainda insistem em fazer.

Comentários Finais:

– Ainda acho precipitado tentar explicar lendo só o primeiro volume o motivo pelo qual depois de One Piece, Assassination é o grande sucesso da Shonen Jump atualmente.

– Eu gosto de ver mangás com tramas episódicas, sem ter grandes arcos e coisas do tipo. É algo diferente do que vemos nas revistas de shonen semanal, parece mais com os desenhos americanos, o que eu adoro.

– Não preciso dizer que vou acompanhar esse mangá, até porque se não fosse acompanhar eu nem faria a Versão Brasileira dele.

Então é isso. Comentem o que acharam do volume e da review, se gostaram ou não, podem comentar. Curtam a nossa página no Facebook, mandem críticas e sugestões caso tenham.
Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s